Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6863
Título: Contribuição ao estudo da remoção do Cr6+ em soluções aquosas por flotação iônica
Autor(es): GUSMÃO, Ericka Figueiredo
Palavras-chave: Flotação iônica; Cromo; Remoção
Data do documento: 2006
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Figueiredo Gusmão, Ericka; Adolpho Magalhães Baltar, Carlos. Contribuição ao estudo da remoção do Cr6+ em soluções aquosas por flotação iônica. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Resumo: 0 trabalho teve como objetivo estudar a possibilidade da remoção de Cromo por flotação de íons, para tratamento de águas residuais. A flotação de íons foi desenvolvida por Sebba em 1962 e desde então é empregada em diversos campos. Atualmente, a utilização do processo de flotação de íons vem sendo utilizada como tratamento de efluentes. Seu emprego é vantajoso devido à velocidade do processo, eficiência para remover contaminantes, pequeno volume de lodo, possibilidade de recuperação seletiva de íons valiosos, requer pouco espaço horizontal, custos moderada e ampla aplicabilidade, além de poder ser utilizada em caso de grandes volumes de efluentes com baixas concentrações de poluentes. Os testes foram realizados simulando um efluente industrial a partir de uma solução sintética. Foi utilizado como coletor um sal de dodecilamina. 0 teste foi conduzido em uma coluna de vidro, onde foram avaliadas as influências da concentração de sal de anúria, pH, tempo de condicionamento da solução a ser flotada, fluxo de ar a ser adicionado à coluna, tempo de flotação e influência de sais. A quantificação do teor de cromo residual foi determinada por colorimetria.As melhores condições encontradas foram em meio básico, pH 8 e concentração de coletor sal de amina 10/3 M. 0 tempo de condicionamento da solução de 20 min e tempo de condicionamento do coletor 10 min. Fluxo de ar fornecido a coluna 0,2 L/min. 0 percentual máximo de remoção foi de 96%. Um modelo fenomenológico foi elaborado a fim de apresentar satisfatoriamente os resultados experimentais obtidos na análise do processo de remoção de Cr6+Por flotação iônica.0 processo de remoção se mostrou eficiente para o tratamento de efluentes contaminados pelo íon metal Cr6+, mesmo em baixas concentrações, mostrando que o objetivo do trabalho foi alcançado
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6863
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Engenharia Química

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo8026_1.pdf1,31 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.