Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6669
Title: Ergodicidade de um eroder unidimensional com ruído aleatório
Authors: Nunes de Souza Pereira, Renata
Keywords: Ergodicidade; eroder unidimensional
Issue Date: 2005
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Nunes de Souza Pereira, Renata; . Ergodicidade de um eroder unidimensional com ruído aleatório. 2005. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Estatística, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2005.
Abstract: Estudamos a ergodicidade da seguinte classe de aut omatos celulares. O espa¸co con- figuracional ´e ­ = {0, 1, . . . ,m}Z . Cada elemento de ­ ´e chamado uma configura¸c ao. Cada configura¸c ao ´e uma sequ encia bi-infinita x = (. . . x&#8722;1, x0, x1 . . . ) , onde todos xi 2 {0, 1, . . . ,m} . Consideramos uma classe de operadores determin´&#305;sticos D : ­ ! ­ , dependendo de um n´umero natural r (o raio de intera¸c ao) e uma fun¸c ao mon´otona f : {0, 1, . . . ,m}2r+1 ! {0, 1, . . . ,m} assim: (Dx)i = f(xi&#8722;r, . . . , xi+r). Uma con- figura¸c ao x ´e chamada uma ilha se o conjunto {i : xi > 0} ´e finito. D ´e chamado conservativo se existe uma ilha x tal que para todo t natural a configura¸c ao Dtx cont´em pelo menos uma componente igual a m . N´os dizemos que D eroda uma ilha se existir um t natural, tal que Dtx = todos zeros . N´os chamamos D de erosivo se todas as ilhas s ao erodadas por ele. Tamb´em consideramos um operador aleat´orio S® que transforma cada componente em m , independentemente das outras componentes. Foi provado por Toom que no caso m = 1 as seguintes tr es condi¸c oes s ao equivalentes: (i) D ´e conservativo; (ii) D n ao ´e erodente; (iii) S®D ´e erg´odico para todo ® 2 (0, 1) . N´os provamos que no caso m = 2 cada duas destas tr es condi¸c oes n ao s ao equivalentes. Nossas demonstra¸c oes usam nosso principal exemplo, no qual r = 1 e f(xi&#8722;1, xi, xi+1) = 8> >>< >>>: 0, se xi&#8722;1 = 0; xi = xi+1 = 1, 1, se xi&#8722;1 = xi = 2; xi+1 = 1, 2, se xi&#8722;1 + xi = xi+1 = 2, O n´umero inteiro mais pr´oximo de (xi&#8722;1 + xi + xi+1) 3 em todos os outros casos
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6669
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Estatística

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.