Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6405
Title: Produção de biodiesel etílico a partir da esterificação de ácidos graxos livres
Authors: Martinelli de Faria, Lígia
Keywords: Biodiesel; Esterificação; Ácidos graxos livres; Sebo bovino
Issue Date: 31-Jan-2008
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Martinelli de Faria, Lígia; Stragevitch, Luiz. Produção de biodiesel etílico a partir da esterificação de ácidos graxos livres. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Abstract: O biodiesel é um combustível obtido a partir de matérias-primas vegetais ou animais. Alguns óleos após a extração ou depois de um período de armazenamento apresentam um índice de acidez elevado devido à conversão dos triacilgliceróis em ácidos graxos livres. A alcoólise de óleos com acidez elevada utilizando catalisador básico forma uma grande quantidade de sabão como resíduo. O objetivo deste trabalho foi o estudo da hidrólise do sebo bovino utilizando semente de mamona que contém a enzima Lipase Ricinius Communis seguido da esterificação de ácidos graxos livres com álcool etílico usando catálise homogênea e heterogênea. A reação heterogênea foi realizada em reator pressurizado durante 120 minutos a uma temperatura de 150°C, relação álcool/óleo 7/1 e uma fração mássica de catalisador de 5% em relação à massa de ácido graxo. A esterificação homogênea também foi realizada em reator pressurizado, em temperaturas de 70°C a 130°C, proporção álcool/óleo 5/1 a 9/1, uma fração mássica de catalisador de (0,2 a 0,8)%, durante 60 minutos. Para a catálise homogênea foi realizado um planejamento fatorial com três variáveis, dois níveis e réplicas no ponto central. Os resultados mostraram que a hidrólise enzimática durante 24 horas a 40°C, a conversão de triacilgliceróis em ácidos graxos livres (FFA) foi 90,93%. Na reação de esterificação heterogênea, o catalisador sólido que apresentou melhor resultado foi a zircônia sulfatada com conversão de 45,3%. Na reação de esterificação homogênea, o rendimento de éster aumentou com o aumento da temperatura, da relação álcool/óleo e da concentração do catalisador. Os melhores resultados foram obtidos a 130°C e com 0,8% do catalisador na relação álcool/óleo de 5/1 ou de 9/1. A cinética de esterificação homogênea foi satisfatoriamente representada por dois modelos sendo um modelo de segunda ordem reversível e o outro pseudo-homogêneo reversível
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6405
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo2527_1.pdf1.24 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.