Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6082
Título: Produção e validação de antígenos recombinantes dos vírus HIV-1/2 e HTLV-1/2 para o desenvolvimento de kits de diagnóstico através de microarranjos líquidos
Autor(es): Freire Tabosa Viana, Isabelle
Palavras-chave: HIV-1/2; HTLV-1/2; Diagnóstico; Microarranjos líquidos
Data do documento: 31-Jan-2011
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Freire Tabosa Viana, Isabelle; Dhalia, Rafael. Produção e validação de antígenos recombinantes dos vírus HIV-1/2 e HTLV-1/2 para o desenvolvimento de kits de diagnóstico através de microarranjos líquidos. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Genética, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Resumo: Os Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) e o Vírus Linfotrópico de Células T Humanas (HTLV) são membros da família Retroviridae e agentes etiológicos da síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS) e da leucemia de células T do adulto/paraparesia espástica tropical, respectivamente. Estas infecções são importantes problemas de saúde pública, de modo que a triagem de doadores de sangue e populações de risco, através de métodos de diagnóstico altamente sensíveis e específicos, é considerada crucial. Os principais sistemas de diagnóstico são ainda baseados na detecção de anticorpos contra as proteínas virais p24 e envelope Env através da técnica Enzyme Linked Immuno Sorbent Assay ELISA, a qual, embora útil, é limitada pela necessidade de grandes volumes de amostra, mão-de-obra e equipamentos especializados, elevado custo e tempo de processamento. A fim de superar estes entraves, nós desenvolvemos um ensaio baseado em p24 e Env através da técnica de microarranjos líquidos. Para tanto, sequências de aminoácidos codificantes das proteínas p24 e Env de HIV-1/2 e HTLV-1/2 de isolados da América do Sul foram selecionadas, em bancos de dados públicos, e alinhadas para a geração das respectivas sequências consenso. Estas foram submetidas à busca por homologia e, a partir dos melhores homólogos, dois tipos de antígenos foram desenvolvidos: (1) contendo a sequência completa e (2) contendo as regiões mais hidrofílicas de cada proteína. As sequências obtidas foram otimizadas para expressão bacteriana e submetidas à síntese comercial. Em seguida, estas foram clonadas em vetores de expressão procarióticos, os quais foram utilizados para transformar bactérias, visando à produção dos respectivos antígenos de HIV e HTLV. Os antígenos foram expressos, à exceção das proteínas completas do Env, e validados através de ensaios de microarranjos líquidos, utilizando três painéis padrão: HIV-1/2 (135 amostras), HTLV-1/2 (81 amostras) e negativo (347 amostras). Os antígenos completos p24 de HIV-1/2 e HTLV-1/2 foram considerados altamente sensíveis e específicos, e seu desempenho foi comparável ao observado utilizando antígenos comerciais como controle. Dentre os antígenos hidrofílicos, os melhores resultados foram obtidos a partir dos antígenos gp46 HTLV-1/2, os quais permitiram a diferenciação do subtipo viral. As proteínas p24 de HIV-1/2 e HTLV-1/2 foram ainda utilizadas para a produção de anticorpos policlonais através da imunização de coelhos, e os anticorpos obtidos serão ainda avaliados quanto à capacidade de capturar o antígeno p24 humano em casos de infecções iniciais. Os resultados obtidos neste projeto foram considerados extremamente promissores, permitindo o desenvolvimento de um teste diagnóstico com maior precisão, além de redução do custo, tempo de realização e volume de amostras
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/6082
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Genética

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo3087_1.pdf6,51 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.