Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5568
Título: Qualidade no controle de sobremassa na embalagem de pipoca
Autor(es): de Tarso Falcão Pedrosa, Paulo
Palavras-chave: Engenharia Mecânica;Sobremassa;Controle e Qualidade;Embalagem
Data do documento: 2006
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: de Tarso Falcão Pedrosa, Paulo; José dos Santos, Maurílio. Qualidade no controle de sobremassa na embalagem de pipoca. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Resumo: O estudo objetivou identificar e descrever as causas que levam à ocorrência de sobremassa no processo de embalagem da pipoca industrial e sua relação com as reclamações dos clientes quanto a pacotes supostamente apresentando massas abaixo do conteúdo nominal e com a perda de rentabilidade do produto. Verifica-se que, embora procedente parte das reclamações, o fabricante pesquisado opera com um elevado nível de sobremassa. Fundamentado no referencial teórico, que constitui o seu pilar de sustentação, o estudo analisa o processo produtivo da pipoca industrial, em toda a sua extensão, e a qualidade da matéria-prima utilizada. Os resultados obtidos revelaram que as causas da sobremassa estão inseridas no processo produtivo, devido à ausência de um controle sistemático do mesmo, na falta de procedimentos operacionais, assim como na inexistência de um padrão de qualidade para a matéria-prima utilizada. Mostraram também algumas falhas associadas aos projetos de instrumentos de medição, de máquinas embaladoras e de outros componentes empregados na linha de produção, que propiciam a ocorrência de sobremassa, ao mesmo tempo em que sugerem mudanças que podem ser implementadas com o objetivo de eliminá-las. Apresentaram, ainda, algumas sugestões a respeito das ferramentas da qualidade que podem ser aplicadas no controle de pontos críticos do processo, visando estabelecer um padrão consistente para a qualidade do produto em seus aspectos intrínsecos, particularmente no que concerne à estabilidade de massa da pipoca embalada. Em meios às conclusões apresentadas neste trabalho, destaca-se a de que os resultados obtidos podem ser estendidos aos processos produtivos de outros produtos assemelhados à pipoca industrial, como os snacks em geral, cujas principais características são, a baixa densidade, apresentação comercial em pequenas porções e grande susceptibilidade à variabilidade densimétrica por descontrole do processo
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5568
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Engenharia Mecânica

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo7618_1.pdf1,79 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.