Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5566
Título: Aplicação de um modelo paramétrico para a estimativa do transporte de sedimentos arenosos na Bacia de Campos
Autor(es): Rodrigues Martins, Ricardo
Palavras-chave: Modelo paramétrico;Transporte de sedimentos;Sedimentos não coesivos;Bacia de Campos;Plataforma Continental
Data do documento: 2006
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Rodrigues Martins, Ricardo; Joaquim da Silva Pereira Cabral, Jaime. Aplicação de um modelo paramétrico para a estimativa do transporte de sedimentos arenosos na Bacia de Campos. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Resumo: Estudos sobre os processos de transporte de sedimentos que ocorrem na Bacia de Campos têm grande importância, uma vez que podem contribuir, por exemplo, para o melhor entendimento dos eventos de formação depósitos sedimentares, que são potenciais reservatórios de óleo, ou ainda fornecer elementos que auxiliem na compreensão de alterações nas formas de fundo do leito marinho em áreas onde há dutos submarinos instalados. O presente trabalho consistiu na avaliação do transporte de sedimentos total (de fundo e por suspensão) na camada limite de fundo em quatro pontos distintos da Plataforma Continental, na região próxima ao Cabo de São Tomé (22ºS), localizados em diferentes lâminas d água. Utilizou-se um modelo paramétrico 1-D que foi adaptado para calcular o transporte a partir de séries históricas simultâneas de correntes e ondas observadas. Também foram considerados dados locais da granulometria dos sedimentos, das formas de fundo e das propriedades termo-halinas da água do mar. O resultados alcançados mostraram que a direção da corrente é determinante na direção do transporte de sedimentos. A direção predominante do transporte resultante foi coerente com os alinhamentos das formas de fundo encontradas em áreas próximas. Observou-se ainda que a influência do clima de ondas, disponibilizando sedimentos para serem transportados por suspensão, diminui com o aumento da profundidade. Concluiu-se, portanto, que o modelo foi capaz de fornecer respostas coerentes com base nos modos de transporte esperados para esta região
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/5566
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Engenharia Civil

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo6178_1.pdf5,68 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.