Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4735
Title: A formação continuada dos professores para uso da tecnologia da informação na prática pedagógica: hoje tem espetáculo?
Authors: Cristina Alves de Almeida, Maria
Keywords: Formação Continuada de Professores;Política Educacional
Issue Date: 2005
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Cristina Alves de Almeida, Maria; Cristina Loureiro Alves Jurema, Ana. A formação continuada dos professores para uso da tecnologia da informação na prática pedagógica: hoje tem espetáculo?. 2005. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2005.
Abstract: Como os professores das escolas públicas brasileiras estão sendo formados para a utilização da Tecnologia da Informação na prática pedagógica? Tomando como campo de pesquisa um Núcleo de Tecnologia Educacional, realizei um estudo do processo de formação continuada de professores proposto pelo Programa Nacional de Informática na Educação. Confrontei o que está escrito no documento que regulamenta a informatização da escola pública brasileira sobre a formação de professores para utilização da Tecnologia da Informação na prática pedagógica com o que pesquisei numa das instâncias de formação. A opção de utilizar o teatro como metáfora para escrever este trabalho decorreu da própria situação estudada: há um documento, um texto escrito pelo Ministério da Educação que determina a escola como o locus ideal para o acesso dos brasileiros à Tecnologia da Informação e regulamenta como isso deve ser feito. O texto diz o que deve ser feito, como e por quem. Como numa peça de teatro, discrimina personagens e define os seus papéis. A PEÇA é o documento público "Diretrizes do Programa Nacional de Informática na Educação". Este estudo denuncia o hiato existente entre a PEÇA escrita pelo MEC e a sua encenação, confirmando "a longa história de belos documentos oficiais sem que as intenções ali contidas façam-se presentes na prática das escolas públicas brasileiras". A formação dos professores para utilização da Tecnologia da Informação na prática pedagógica, indicada como condição de sucesso na PEÇA, não passou, no caso estudado, de níveis iniciais de familiarização com o computador. O modelo de descentralização adotado,apontado na PEÇA como respeito à autonomia pedagógica e administrativa dos sistemas educacionais, ao invés de flexibilidade e contextualização, indica a divisão social do trabalho educativo (próprio do sistema capitalista) em que a concepção e a execução são realizadas por personagens distintas, o que revelou uma diluição nas responsabilidades das personagens, comprometendo os resultados que o programa diz querer alcançar. A promessa de mudança das práticas escolares pela introdução da Tecnologia da Informação escrita no documento é oposta à forma como a tecnologia é usada pela escola, com fins motivacionais e em atividades meramente ilustrativas. Esta prática é decorrente de uma formação pontual, centrada no produto, desvinculada da prática pedagógica, que não habilita o professor nem como usuário desta tecnologia
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4735
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo5852_1.pdf356.05 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.