Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4513
Title: O real virtual: o uso do e-mail por crianças
Authors: Margareth Araújo Soares, Maria
Keywords: Letramento digital;Gêneros digitais;E-mail;Séries iniciais
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: Margareth Araújo Soares, Maria; Lisbôa Guimarãres, Gilda. O real virtual: o uso do e-mail por crianças. 2006. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2006.
Abstract: Tapscot (1999), afirma que essa é a primeira geração a crescer cercada da mídia digital e a tem utilizado para brincar, aprender, comunicar-se e formar relacionamentos. Nesse sentido, vários autores (Marcuschi, 2004; Xavier, 2002; Paiva, 2004 e Costa, 2005, entre outros), vêm questionando o papel da escola diante dessa nova forma de comunicação. Marcuschi, 2004 questiona se a escola se ocupará em pesquisar como se produz um e-mail e outros gêneros digitais ou ficará apenas analisando como se escrevem cartas ou bilhetes. Nesse sentido, a presente pesquisa teve como objetivo investigar a produção de e-mail por crianças da 2ª série, do ensino fundamental I. Para tal, foram investigados alunos de duas turmas de duas escolas públicas do Recife produzindo e lendo e-mail pessoal e formal. Para a produção desses e-mails foi construída uma seqüência de atividades, as quais possibilitaram a contextualização das situações de produção dos e-mails, de maneira que os mesmos fossem escritos em situações reais de comunicação. Foi construído um projeto didático que visava incentivar a leitura. Dessa forma os alunos foram envolvidos na leitura de histórias infantis, na produção de resenhas para incentivar os colegas a novas leituras e, finalmente, a solicitação desses livros às editoras. Quanto aos resultados, constatou-se que os alunos conseguiram escrever a resenha e enviá-la via e-mail para um colega e solicitar a doação de livros para a biblioteca. Foram detectados, assim, intercâmbios comunicativos nessa nova realidade textual. A maioria dos alunos conseguiu executar as atividades com êxito, reconhecendo-as como uma possibilidade de comunicação. Assim, acredita-se que essa pesquisa forneceu subsídios para que as escolas possam utilizar mais os laboratórios de informática e criar atividades mais significativas para os alunos, promovendo a inclusão digital em escolas públicas e, conseqüentemente, trazendo contribuições e implicações ao processo ensino-aprendizagem
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4513
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo5392_1.pdf5.26 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.