Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4124
Título: Produção coletiva de textos na Educação Infantil : a mediação e os saberes docentes
Autor(es): GIRÃO, Fernanda Michelle Pereira
Palavras-chave: Produção coletiva de textos; Educação Infantil; Saberes docentes; Reflexão sobre a prática.
Data do documento: 31-Jan-2011
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Michelle Pereira Girão, Fernanda; Carolina Perrusi Alves Brandão, Ana. Produção coletiva de textos na Educação Infantil : a mediação e os saberes docentes. 2011. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2011.
Resumo: Esta pesquisa buscou analisar a forma como duas professoras constroem e reconstroem a sua prática em atividades de produção coletiva de textos com crianças frequentando a última etapa da Educação Infantil. Mais especificamente, buscamos identificar e analisar os tipos de intervenção das professoras durante situações de escrita coletiva; investigar que saberes relativos à prática de produção coletiva de textos são explicitados por elas no momento em que refletem sobre seu trabalho e estabelecer possíveis relações entre a participação das professoras em momentos de reflexão sobre essa prática e as estratégias por elas utilizadas ao conduzir atividades de produção coletiva de textos. Na pesquisa foi adotada a perspectiva sociointeracionista de Schneuwly (2004), que concebe a produção de textos como uma atividade constituída por dimensões cognitivas e sociais, através da qual o sujeito utiliza instrumentos culturais (gêneros textuais) disponíveis na sociedade para interagir nas diversas esferas de comunicação. Baseamo-nos também em uma perspectiva crítico-reflexiva de formação docente, na qual o professor é considerado um sujeito capaz de refletir, de teorizar sobre a sua prática e que constrói, ao longo da sua trajetória profissional, saberes de diferentes naturezas que estruturam o seu trabalho (TARDIF, 2010). Participaram da pesquisa duas professoras da Rede Municipal de ensino do Recife e seus respectivos grupos de crianças com idade entre cinco e seis anos. Três produções coletivas conduzidas por cada professora foram videogravadas e analisadas com as docentes numa perspectiva de autoconfrontação. Ou seja, em três grupos de discussão realizados após cada uma das situações de escrita, a pesquisadora incentivou as docentes a assistir e refletir sobre a própria prática, que havia sido registrada em vídeo, bem como a explicitar saberes relativos ao trabalho com produção coletiva de textos. Também foram realizadas entrevistas com as duas educadoras a fim de apreender aspectos da sua experiência com esse tipo de atividade. Os resultados revelaram que a mediação docente durante a produção coletiva de textos está relacionada a fatores como o contexto em que são inseridas as atividades de escrita, os saberes construídos pelas docentes em relação à produção textual, os gêneros discursivos que estão sendo produzidos, o nível de complexidade das intervenções que podem ser encaminhadas e o estilo de ensino próprio de cada educadora. Foi constatado ainda que alguns saberes explicitados pelas docentes são mobilizados mais facilmente durante a condução das atividades e outros necessitam da elaboração de estratégias de ação mais direcionadas. Por fim, o estudo revelou que a reflexão sobre a prática e a interação entre as professoras possibilitou mudanças qualitativas no trabalho realizado por elas ao mediar as atividades de produção coletiva de textos. Tais fatores revelaram-se aspectos essenciais no processo de (re)construção/validação de saberes, constituindo-se, portanto, em dispositivos importantes para o desenvolvimento profissional
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/4124
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Educação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo2553_1.pdf2,33 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.