Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3695
Título: A abordagem de resolução de problemas por professores de química do ensino médio: um estudo sobre o conteúdo de estequiometria
Autor(es): Tavares Santos Batinga, Verônica
Palavras-chave: Estequiometria; Ensino médio; Professor; Ensino-aprendizagem; Resolução de problemas; Química
Data do documento: 31-Jan-2010
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Tavares Santos Batinga, Verônica; Martins Teixeira Macedo, Francimar. A abordagem de resolução de problemas por professores de química do ensino médio: um estudo sobre o conteúdo de estequiometria. 2010. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Resumo: Esta tese busca compreender como os professores de química abordam a resolução de problemas nas aulas de Química que envolve o conteúdo de estequiometria. O trabalho foi baseado na contribuição de diversos autores, sendo os mais utilizados Lopes, Pozo, Becerra Labra e Gil Pérez. Participaram da pesquisa cinco professores de Química do ensino médio de cinco escolas da rede pública e particular do Estado de Pernambuco. A coleta de dados consistiu de uma entrevista semi-estruturada, que foi videogravada e constou de onze questões abertas, gravação e filmagem das salas de aula. A entrevista semi-estruturada foi analisada qualitativamente, com o objetivo de identificar e analisar as concepções dos professores sobre o ensino e a aprendizagem, problema e exercício, planejamento e a forma de abordar o ensino de Química, tipologia dos conteúdos e a forma de intervenção diante das dificuldades dos alunos durante a resolução de problemas sobre estequiometria. Além disso, foi analisado como os professores abordam a resolução de problemas através da didática praticada pelos professores com os alunos na sala de aula. Para isso, escolhemos analisar a sala de aula da docente denominada de P5. Os resultados da entrevista semi-estruturada indicaram que não estão sendo abordadas estratégias de resolução de problemas nas aulas de Química, e sim exercícios. Com exceção da professora P5 que procurou abordar problemas escolares qualitativos nas aulas. Um aspecto interessante, o qual ficou evidenciado é que a concepção da professora P5 sobre ensino e aprendizagem, problema e exercício, suas diferenças e semelhanças, planejamento e a forma de abordar o ensino influenciaram de maneira significativa a concretização de sua prática docente relativa à resolução de problemas sobre estequiometria em sala de aula. Em conclusão, os estudos mostraram a necessidade dos professores vivenciarem estratégias de resolução de problemas quer seja na sua formação inicial ou continuada com objetivo de possibilitar a elaboração e abordagem de problemas potenciais, e a condução do processo de resolução de problemas nas aulas de Química
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3695
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Educação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo183_1.pdf1,3 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.