Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3131
Title: Uma poética audiovisual da transgressão em Jomard Muniz de Britto
Authors: MAIA JÚNIOR, Ricardo César Campos
Keywords: Poética;Transgressão;Audiovisual;Estética
Issue Date: 31-Jan-2009
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Citation: César Campos Maia Júnior, Ricardo; Carneiro da Cunha Filho, Paulo. Uma poética audiovisual da transgressão em Jomard Muniz de Britto. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.
Abstract: No primeiro semestre de 1974 teve início a produção audiovisual de Jomard Muniz de Britto (JMB), que veio passando do super-8 das décadas de 70 e 80 ao VHS das décadas 80 e 90. Atualmente, na tecnologia digital, seu último trabalho data de 2005: Aquarelas do Brasil. Jomard Muniz transpôs para a tela crítica cultural ou reflexões metalingüísticas indo, esteticamente, do poema processo à popfilosofia, do tropicalismo ao mais recente trabalho com os atentados poéticos. O estudo sobre a narrativa poética e uma possível estética da transgressão nas produções audiovisuais de Jomard Muniz de Britto remete, dessa maneira, à problemática da linguagem cinematográfica como suporte para o intercâmbio entre diversos saberes - reunindo perspectivas de análise da história da cultura brasileira em sua pluralidade. Estando seu campo de atuação ligado com o que JMB definiu, mais profundamente, como a Língua dos três pppês: poeticidade, política e pedagogia. A estética da transgressão nos audiovisuais de JMB se deve a uma lógica própria de relações, onde, no entanto, as premissas são flexíveis. O que o autor propões é um rompimento com as moralidades culturais e tabus sociais, pois, a perspectiva da narrativa poética se relaciona com a liberdade de realização empregada pelo autor na forma-significação da obra fílmica. A análise dos audiovisuais de Jomard Muniz de Britto sugere conceitos não de ordem apriorística, mas abordagens histórico-existenciais, cujo forte ponto de caracterização seja o intercâmbio e a multidisciplinariedade. Dessa forma, é proposta, então, uma análise sobre uma poética audiovisual da transgressão em JMB, de caráter ensaístico
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/3131
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Comunicação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo1912_1.pdf2.35 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.