Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/22446
Título: Uma investigação sobre as dificuldades de planejamento de TI em instituições públicas brasileiras: uma abordagem com teoria fundamentada em dados
Autor(es): GARCIA, Plínio Antunes
Palavras-chave: Tecnologia da informação; Planejamento de TI
Data do documento: 24-Nov-2016
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Assim como em organizações privadas, os órgãos públicos devem realizar processos de planejamento para cumprir seus objetivos. O governo brasileiro determina que as instituições federais elaborem um Plano Diretor de TI (PDTI), importante instrumento de planejamento das atividades de TI. O PDTI permite que a instituição tenha controle sobre os recursos gastos com tecnologia da informação, melhore o alinhamento estratégico e minimize os riscos relacionados aos ativos de TI. Contudo, relatórios do Tribunal de Contas da União (TCU) apresentam índices preocupantes com relação à adoção do PDTI. Apesar de seus conhecidos benefícios e de ser obrigatório nos órgãos da administração pública federal, o PDTI não está sendo adotado por um número considerável de instituições. Além disso, pouco mais da metade dos órgãos que possuem PDTI fazem o vínculo das ações de TI com os objetivos estratégicos da instituição, ou seja, apresentam deficiências de alinhamento estratégico. Esta pesquisa busca compreender de forma abrangente as dificuldades que resultam nos números insatisfatórios apresentados pelo TCU. O objetivo principal desta pesquisa consistiu em elaborar teoria fundamentada em dados que apresente uma relação de causa e consequência entre os elementos que restringem a elaboração do PDTI. Os resultados apresentam duas teorias, a primeira, com as razões da ausência do PDTI em algumas instituições e, a segunda, com as causas das dificuldades encontradas durante a elaboração do PDTI. Utilizando o mesmo método, Grounded Theory, foi possível relacionar os elementos das teorias fundamentadas com um conjunto de 5 processos e 48 melhores práticas de planejamento de TI. Desta forma, este trabalho apresenta uma forma de minimizar os problemas encontrados na elaboração do PDTI.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/22446
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciência da Computação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_PLINIO_vfinal_biblioteca.pdf6,12 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons