Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2234
Título: Ação de beauveria bassiana, metarhizium anisopliae var. anisopliae e metarhizium flavoviride var. flavoviride no desenvolvimento pós embrionário de chrysomya albiceps sob condições de laboratório
Autor(es): Marlon Carneiro Feijó, Francisco
Palavras-chave: Citologia;Patogenicidade;Metarhizium anisopliae var. anisopliae;Metarhizium flavoviride var. flavoviride;Beauveria basssiana;Chrysomya albiceps
Data do documento: 2004
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Marlon Carneiro Feijó, Francisco; Henrique Magalhães Melo, Eduardo. Ação de beauveria bassiana, metarhizium anisopliae var. anisopliae e metarhizium flavoviride var. flavoviride no desenvolvimento pós embrionário de chrysomya albiceps sob condições de laboratório. 2004. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2004.
Resumo: Beauveria bassiana, Metarhizium anisopliae var. anisopliae e Metarhizium flavoviride var. flavoviride são fungos entomopatogênicos com ação comprovada contra várias espécies, embora não tenham sido testados em Chrysomya albiceps, um díptero de importância na saúde pública. Assim, objetivou-se avaliar a ação de B. bassiana, M. anisopliae var. anisopliae e M. flavoviride var. flavoviride em ovos, larvas e adultos de C. albiceps, utilizando as concentrações 104, 105, 106, 107, 108 conídios.mL-1, considerando o percentual de eclosão de larvas, período de pré-pupa, pupa, percentual de emergência de adultos, ritmo de emergência, morte acumulativa, longevidade, período de postura e percentual de eclosão a partir de fêmeas infectadas. O comportamento dos fungos reisolados também foi avaliado através dos parâmetros biológicos: percentual de germinação, número de conídios, número e diâmetro de colônias, bem como a citologia no que se refere à descrição das estruturas vegetativas e reprodutivas. De acordo com a metodologia empregada, verificou-se que os três fungos apresentaram ação contra ovos, larvas e adultos de C. albiceps. Já em relação ao comportamento, foi observado que os fungos reisolados de larva apresentaram o melhor desempenho em relação ao controle e os aspectos citológicos não diferiram quando comparados ao controle. Esses resultados sugerem a possibilidade do emprego desses fungos no controle de C. albiceps
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/2234
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Ciências Biológicas

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
arquivo9374_1.pdf2,59 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.