Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18584
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorSOUZA, Bruno Campello de-
dc.contributor.authorBAUDEL, Roberta Macedo-
dc.date.accessioned2017-04-19T13:24:10Z-
dc.date.available2017-04-19T13:24:10Z-
dc.date.issued2016-08-08-
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/18584-
dc.description.abstractO presente trabalho propôs pesquisar aspectos decorrentes da adoção de um Sistema de Informação Gerencial (SIGProj), no contexto da Extensão Universitária da UFPE, tomandose como base as premissas da Teoria da Mediação Cognitiva e a perspectiva da Sociomaterialidade. Para essa investigação, realizou-se uma pesquisa quantitativa com dados coletados de 173 extensionistas através de questionário estruturado (online), buscando averiguar os diferentes níveis de apropriação do SIGProj, suas implicações e impactos individuais e institucionais, descrevendo elementos envolvidos nos resultados. A fundamentação teórica abordou três grandes temas: Mudanças Organizacionais, Tecnologias nas Organizações e Universidades Públicas Brasileiras, detalhando sobre Inovação tecnológica, Sistemas de informação, Extensão Universitária e sua Sistematização. O presente trabalho evidenciou a relevância em estudar fenômenos que envolvem a interação entre tecnologias e organizações, em diferentes níveis de análises, verificando como essas tecnologias, recorrentemente reforçam e transformam configurações estruturais da organização, fazendo destaque à Hipercultura como viabilizadora da incorporação e domínio das tecnologias digitais. Com respeito ao tratamento dos dados, realizaram-se análises estatísticas descritivas e inferenciais auxiliadas pela Teoria das Facetas. Os objetivos foram atendidos e as hipóteses foram adequadamente confirmadas, onde características hiperculturais dos extensionistas mostram-se relevantes para a apropriação de uma ferramenta tecnológica, bem como, diferentes formas de apropriação, determinam diferentes práticas na microdinâmica estudada. Dois importantes achados indicaram que a delegação pode apresentar tanto efeito positivo, quanto negativo, a depender do nível de apropriação do indivíduo e que, o uso da ferramenta em situação cumulativa de papeis aumenta o nível dessa apropriação. Considerações finais e recomendações enfatizam a necessidade de melhores interações com a tecnologia digital, a fim de propiciar melhoria nos resultados.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de Pernambucopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectMudança Organizacionalpt_BR
dc.subjectSistema de Informação Gerencialpt_BR
dc.subjectTeoria da Mediação Cognitivapt_BR
dc.subjectHiperculturapt_BR
dc.subjectSociomaterialidadept_BR
dc.subjectExtensão Universitáriapt_BR
dc.subjectOrganizational Changept_BR
dc.subjectSystem Management Informationpt_BR
dc.subjectTheory of Cognitive Mediationpt_BR
dc.subjecthyperculturept_BR
dc.subjectSociomaterialidadept_BR
dc.subjectUniversity Extensionpt_BR
dc.titleCondicionantes e resultados da utilização de um novo sistema de informações gerenciais: um estudo da adoção do SIGProj na Extensão da UFPEpt_BR
dc.typemasterThesispt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/2618266615371622pt_BR
dc.publisher.initialsUFPEpt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.degree.levelmestradopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/4871710017456971pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pos Graduacao em Administracaopt_BR
dc.description.abstractxThe present work has proposed to research aspects as result of the adoption of a Management Information System, namely SIGProj in the context of The University Extension at UFPE, having as basis the premises of Theory of Cognitive Mediation and the Sociomateriality perspective. In order to conduct the investigation, a quantitative survey was performed by gathering data from 173 members of The Department of Extensão through an online-based structured questionnaire, aiming to explore the different appropriation levels of the SIGProj, its implications, as well as the individual and institutional impacts, thus describing the elements involved in the results. The theoretical foundation addressed three major themes: Organizational Change, Technologies in Organizations and Brazilian Public Universities, while providing details related to the Technological Innovation, Information Systems, University Extension and its Systematization. The present work evidenced the relevance of studying phenomena that encompass the interaction between technologies and organizations at different levels of analyses, by verifying how these technologies recurrently reinforce and transform structural configurations of the organization, with particular emphasis on the Hyperculture as enabler of the assimilation and know-how of the digital technologies. With regard to data processing, descriptive and inferential statistics analysessupported by the Teoria das Facetas were performed. The objectives were accomplished, as well as the hypotheses were properly ratified. Hypercultural characteristics of Extension members evidenced their relevance for the appropriation of a technological tool, as well as different forms of ownership determine different practices in the micro-dynamics covered in the study. Two important findings indicated that the delegation may have positive effects, or negative, depending on the individual mastery level and that the use of the tool in cumulative situation of roles increases the level of this mastery. Conclusions and recommendations emphasize the need for better interaction with digital technology in order to provide improved results.pt_BR
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Administração

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação (2016.08.08) - Roberta Macedo Baudel.PDF3,21 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons