Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17675
Título: Estudo de novas propriedades associadas à regulação e função de complexos do tipo eIF4F em Trypanosoma brucei
Autor(es): MALVEZZI, Amaranta Muniz
Palavras-chave: EIF4G; EIF4E; síntese proteica; Trypanosoma brucei; EIF4G; EIF4E; Protein synthesis; Trypanosoma brucei
Data do documento: 9-Mar-2015
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: A iniciação da tradução é a etapa mais complexa de um processo crítico para a sobrevivência dos seres vivos, onde se destaca a atuação do complexo eIF4F, formado pelas subunidades eIF4E, eIF4A, e eIF4G. Seis homólogos de eIF4E (EIF4E1 a 6) e cinco de eIF4G (EIF4G1 a 5) foram identificados no protozoário Trypanosoma brucei. Este trabalho buscou contribuir no estudo de complexos do tipo eIF4F neste patógeno, inicialmente analisando a expressão de subunidades de complexos já definidos, formado pelos EIF4E4/EIF4G3 e EIF4E3/EIF4G4. Observou-se que, à exceção do EIF4G3, essas subunidades são representadas por isoformas originárias de eventos de fosforilação. No caso do EIF4E4, esses eventos estão associados às fases de crescimento do microorganismo e as fosforilações dos EIF4E3 e EIF4E4 são direcionadas às suas extremidades N-terminais. A etapa seguinte compreendeu o estudo de duas proteínas hipotéticas, encontradas com novos complexos baseados nos EIF4E5/EIF4G1 e EIF4E6/EIF4G5 (Tb117.5 e TbG5-IP). Essas são homólogas de enzimas associadas a formação da extremidade 5’ dos mRNAs, porém apresentaram localização citoplasmática. Sua associação aos referidos complexos foi investigada e enquanto a Tb117.5 se associa com uma subpopulação do complexo EIF4E5/EIF4G1, a TbG5-IP se mostrou parte integrante do complexo EIF4E6/EIF5G5. A depleção por RNA interferência dessas proteínas não alterou a viabilidade celular apesar do insucesso na obtenção de deleção dupla dos seus genes. Os dados obtidos sugerem uma divergência funcional nesses complexos ainda não encontrada em outros eucariotos.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17675
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Genética

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese amaranta.pdf1,56 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons