Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17549
Título: Escola de Primeiras Letras O ensino público primário em Pernambuco durante a segunda metade do século XIX
Autor(es): GONÇALVES FILHO, Carlos Antonio Pereira
Palavras-chave: Políticas Públicas; Século XIX; Pernambuco; Ensino Primário; Docência; Public Policies; XIX Century; Pernambuco; Primary Education; Teaching
Data do documento: 22-Fev-2016
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Resumo: Este trabalho analisa o ensino público primário em Pernambuco durante as décadas de 1850 e 1870, investigando as políticas com relação à escola pública a partir de um projeto político da instrução pública da província. Entende que a ênfase devida à instrução pública esteve associada à manutenção do establishment, a partir da montagem de um “governo das escolas” que direcionou suas ações para o currículo, as escolas e à docência. No primeiro caso, pautou pela distribuição desigual de saberes com base nas diferenças entre homens e mulheres; no segundo caso, pela organização interna da escola, definindo espaços, horários, métodos, disciplina e exames; no terceiro caso, pela busca de um corpo docente coeso através da seleção e formação institucionalizada. Em meio às contradições e falhas do sistema, os professores buscaram, através da prática reivindicativa de direitos, garantir a consecução de seus interesses, seja por trabalho, seja para usufruírem de melhores rendimentos. Destaca, ainda, a emergência de associações docentes como espaços de mútuo auxílio e desenvolvimento da profissão.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17549
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - História

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ESCOLA DE PRIMEIRAS LETRAS (1).pdf4,16 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons