Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1732
Título: Restructuring test variabilities in software product lines
Autor(es): de Medeiros Ribeiro, Márcio
Palavras-chave: Software Product Lines; Modularity; Software Testing
Data do documento: 31-Jan-2008
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: de Medeiros Ribeiro, Márcio; Henrique Monteiro Borba, Paulo. Restructuring test variabilities in software product lines. 2008. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2008.
Resumo: Linhas de Produto de Software (LPS) englobam famílias de sistemas desenvolvidos a partir de artefatos reusáveis. Um fator importante durante a manutenção de LPS con- siste em decidir sobre qual mecanismo deve ser utilizado para reestruturar suas variações objetivando melhorar a modularidade de seus artefatos. Devido µa grande variedade de mecanismos, selecionar os corretos pode ser uma tarefa difícil. Por outro lado, selecionar os incorretos pode produzir efeitos negativos no custo de desenvolver a LPS. E importante salientar que este problema existe não somente no nível de código fonte, mas também em outros artefatos como requisitos de software e testes. Assim sendo, para reduzir tal problema no nível de testes automatizados, este trabalho prop~oe um modelo de decisão que ajuda desenvolvedores a escolher mecanismos para reestruturar variações de testes em LPS. Para construir o modelo, algumas variacões encontradas em casos de teste automatizados reais desenvolvidos pela Motorola foram analisadas. Neste caso, os testes servem para testar os sistemas de software dos telefones celulares da Motorola. Os testes lidam com as variacões dos diferentes celulares usando condicionais if-else. Portanto, dada uma variacão baseada em condicionais if-else, o modelo sugere um mecanismo para prover uma melhor modularidade da variacão. Adicionalmente, uma ferramenta para dar suporte aos desenvolvedores de LPS foi desenvolvida. A ferramenta recomenda os mecanismos de acordo com o modelo de decisão proposto. Aplicando o modelo de decisão e os mecanismos sugeridos por ele pode melhorar a modularidade das variações dos casos de teste e remover problemas como códigos dupli- cados. Ademais, mostra-se que a tarefa de reestruturar variações torna-se mais rápida e precisa quando a ferramenta é utilizada
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1732
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Ciência da Computação

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MMR.pdf1,31 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.