Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11763
Title: Ecofisiologia de cultivares de Opuntia ficus-indica MILL (Cactaceae) de tolerância contrastante à Cochonilha-do-carmim Dactylopius opuntiae
Authors: FALCÃO, Hiram Marinho
Keywords: CAM;Estresse biótico;Palma Forrageira;Semi-Árido
Issue Date: 27-Feb-2012
Publisher: Universidade Federal de Pernambuco
Abstract: Três cultivares de Opuntia ficus-indica (L.) Miller com diferentes níveis de tolerância à cochonilha carmim, IPA-20 (Clone IPA - suscetível), F-08 (tolerante) e Orelha de Elefante Mexicana (OEM - resistente), foram cultivadas em condições de campo e avaliados quanto às suas respostas fisiológicas em condições sem infestação, ifestação moderada e infestação severas. Análises da cera epicuticular, açúcares solúveis, aminoácidos livres, proteína total, conteúdo de clorofila, acidez noturna, atividade de PEP carboxilase e produção de biomassa foram realizadas. A cultivar IPA teve um conteúdo de cera 50% maior do que os outros, sem diferenças observadas entre as amostras em campo infestado e sem infestação. OEM teve o maior teor de açúcares solúveis quando comparado com as demais cultivares. A atividade da PEP carboxilase e o acúmulo de ácidos orgânicos foram menores em IPA em campo infestado e sem infestação. Os resultados sugerem que a cultivar resistente OEM apresenta uma resposta de defesa contra stress biótico, o que resulta em diminuição de 50% da produção de biomassa em comparação com F-08. A atividade de PEP carboxilase foi diretamente afetada pela infestação na cultivar IPA, o que reflete na menor produção de biomassa.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11763
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - Biologia Vegetal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Hiram Falcão.pdf1.97 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons