Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11605
Título: Estudo das Transformações de Fase No Aço Api 5l X80 Visando o Aumento da Tenacidade à Fratura
Autor(es): Pedrosa, Igor Rafael Vilarouco
Palavras-chave: Transformação de Fase; Aço API 5L X80; Tenacidade; Soldagem
Data do documento: Dez-2012
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: PEDROSA, Igor Rafael Vilarouco. Estudo das transformações de fase no aço API 5L X80 visando o aumento da tenacidade à fratura. Recife, 2012. xiv, 95 f. Tese (doutorado) - Universidade Federal de Pernambuco. CTG. Engenharia Mecânica, 2012.
Resumo: O estudo das transformações de fase no aço API 5L X80 foi realizado em diferentes seqüências termomecânicas com o objetivo de aumentar sua tenacidade à fratura. Os ensaios dilatométricos realizados no aço X80 temperado revelaram a ocorrência de uma transformação de fase, eliminação das ilhas do constituinte MA, durante o aquecimento do material no intervalo de temperatura de 320 a 345ºC aproximadamente. Os ensaios dilatométricos realizados no aço X80 “como recebido” revelaram as temperaturas de início e fim das transformações de fase e . Baseados em ensaios dilatométricos preliminares, foram realizados 10 tratamentos térmicos e termomecânicos onde todos iniciaram com aquecimento do aço até 950°C. As microestruturas associadas a estes diferentes tratamentos foram caracterizadas por microscopia eletrônica de varredura (MEV) e as propriedades mecânicas foram levantadas por meio de ensaios de tração. As micrografias obtidas por MEV revelaram a presença dos constituintes perlita, ferrita poligonal, ferrita acicular, ferrita granular, austenita retida e ilhas MA. Todos os tratamentos realizados resultaram na formação de ferrita acicular e no aumento do limite de resistência do material. Os tratamentos de envelhecimento produziram reduções no limite de escoamento e aumentos no alongamento e na tenacidade do aço X80. Com o aumento da temperatura de envelhecimento do aço, o limite de resistência diminuiu e o alongamento aumentou. O maior valor indicativo de tenacidade foi obtido com o material envelhecido a 550ºC por 30 min. Nesta condição de tratamento, o material foi soldado pelo processo MAG em condições especiais de resfriamento, produzindo uma junta com microestrutura homogênea tendendo à acicularidade e com propriedades mecânicas semelhantes às do metal de base.
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/11605
Aparece na(s) coleção(ções):Teses de Doutorado - Engenharia Mecânica

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE_joined.pdf10,76 MBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons