Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1056
Título: Estratégia de uso da AedsTrap para o monitoramento de Aedes (Stegomya) aegypti (Linnaeus, 1762) (Diptera: Culicidae)
Autor(es): Maria de Mendonça Santos, Eloína
Palavras-chave: Armadilha adesiva; Localização; Número; Vigilância.
Data do documento: 31-Jan-2010
Editor: Universidade Federal de Pernambuco
Citação: Maria de Mendonça Santos, Eloína; Maria Ribeiro de Albuquerque, Cleide. Estratégia de uso da AedsTrap para o monitoramento de Aedes (Stegomya) aegypti (Linnaeus, 1762) (Diptera: Culicidae). 2010. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2010.
Resumo: Esse estudo visou a avaliação de campo da armadilha (AedesTrap) para capturar mosquito Aedes spp em uma área urbana de Recife, Brasil, entre setembro de 2008 e agosto de 2009. O trabalho centrou-se sobre a localização da armadilha (interior e exterior) e uso massivo em imóveis infestados. Além disso, áreas com e sem a intervenção da AedesTrap foram comparadas quanto a média de ovos de Aedes por meio de ovitrampas. As armadilhas adesivas foram instaladas de forma aleatória em domicilio com infestação inicial de 100 - 3439 ovos/casa/mês determinada no inicio do estudo. De um modo geral, a média de captura variou de 0.25 a 2.63 fêmeas/imóvel/mês a armadilha também foi capaz de capturar Aedes albopictus e Culex quinquefasciatus. AedesTrap demonstrou, no peridomicilio, uma sensibilidade três vezes maior para detectar a presença do Aedes aegypti, comparada ao intradomicílio. Do mesmo modo, registrou-se uma elevação de 50% na quantidade de residências positivas quando foram instaladas três AedesTrap/imóvel, ocorrendo um aumento significativo (F= 29. 98; gl= 3,173; p<0.001) no número de A. aegypti capturados nessa residências. A retirada de adultos do ambiente não influenciou significativamente na densidade de ovos nas ovitrampas. Esses resultados indicam o peridomicílio como o local mais apropriado para instalação da AedesTrap e sugere que para prover informações mais reais sobre a população de adultos é indicado o uso de, pelo menos, três AedesTrap por residência
URI: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/1056
Aparece na(s) coleção(ções):Dissertações de Mestrado - Biologia Animal

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EMMS - PROTEGIDO.pdf458,41 kBAdobe PDFVer/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.