Atenção à saúde de professoras com alterações vocais: um estudo das trajetórias do cuidado sob a ótica da integralidade

Idiomas

Busca avançada

Mostrar registro simples

dc.contributor.advisor ESPÍRITO SANTO, Antônio Carlos Gomes do pt_BR
dc.contributor.author PEREIRA, Gladys Fernanda Coelho pt_BR
dc.date.accessioned 2014-06-12T23:14:36Z
dc.date.available 2014-06-12T23:14:36Z
dc.date.issued 2009-01-31 pt_BR
dc.identifier.citation Fernanda Coelho Pereira, Gladys; Carlos Gomes do Espírito Santo, Antônio. Atenção à saúde de professoras com alterações vocais: um estudo das trajetórias do cuidado sob a ótica da integralidade. 2009. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009. pt_BR
dc.identifier.uri http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/9417
dc.description.abstract Dentre todos os avanços alcançados com o SUS, as mudanças visando a descentralização dos recursos e das ações e a expansão da oferta de serviços de saúde são os mais evidentes. Quanto à integralidade, no entanto, os progressos não têm caminhado no mesmo ritmo, constituindo um dos maiores desafios para o Sistema. As pesquisas sobre integralidade com frequência comparam a utilização, pela população, dos serviços de diferentes naturezas e níveis de complexidade com o padrão normatizado de necessidades e de fluxos de encaminhamento. Os resultados destes estudos permitem uma visão macro da capacidade das redes de atenção de assegurar o atendimento em todos os níveis de complexidade. Compreender os problemas que interferem na estrutura, processo e resultados do sistema de cuidados exige o emprego de metodologias qualitativas por parte dos atores que se encontram na ponta do sistema. Nesta pesquisa, busca-se detectar os aspectos que interferem na prestação do cuidado integral a usuários de uma policlínica, que realizam tratamento em decorrência de alterações vocais. Seu objetivo é identificar a presença da integralidade na prestação de cuidados a professoras municipais com diagnóstico de disfonia, a partir da reconstituição do itinerário terapêutico, enfocando o ponto de vista do usuário. Foi utilizada a técnica de História Oral com professoras da Rede Municipal de Educação. As entrevistas seguiram um roteiro semiestruturado, sendo gravadas, transcritas e submetidas a análise de conteúdo. Partindo-se da perspectiva de integralidade como apreensão ampliada das necessidades individuais dos usuários, princípio orientador das práticas dos profissionais de saúde, o estudo constatou que os sintomas de alteração vocal são detectados inicialmente por atores fora dos serviços de saúde: colegas de trabalho, amigos e família, colaborando com o cuidado ou com o não cuidado. Os profissionais de saúde têm papel primordial nessa cadeia de cuidado, sendo o ator que identifica as reais necessidades individuais, favorecendo a atenção integral pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Pernambuco pt_BR
dc.subject Integralidade pt_BR
dc.subject Histórias orais pt_BR
dc.subject Disfonia pt_BR
dc.subject Trajetória do cuidado pt_BR
dc.subject Fonoaudilogia pt_BR
dc.title Atenção à saúde de professoras com alterações vocais: um estudo das trajetórias do cuidado sob a ótica da integralidade pt_BR
dc.type Dissertacao pt_BR


Arquivos deste item

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples


Compartilhe esta página