Estado nutricional de vitamina A em idosos do município de Camaragibe-PE, 2003

Idiomas

Busca avançada

Mostrar registro simples

dc.contributor.advisor da Silva Diniz, Alcides pt_BR
dc.contributor.author Luiza do Nascimento, Ana pt_BR
dc.date.accessioned 2014-06-12T23:03:10Z
dc.date.available 2014-06-12T23:03:10Z
dc.date.issued 2005 pt_BR
dc.identifier.citation Luiza do Nascimento, Ana; da Silva Diniz, Alcides. Estado nutricional de vitamina A em idosos do município de Camaragibe-PE, 2003. 2005. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Nutrição, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2005. pt_BR
dc.identifier.uri http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/8899
dc.description.abstract A deficiência de vitamina A tem sido considerada como um problema nutricional em países em desenvolvimento. No entanto, sua dimensão na população idosa, ainda não foi devidamente avaliada. O presente trabalho teve como objetivo estimar a prevalência de hipovitaminose A em idosos do Programa de Saúde da Família (PSF), em Camaragibe, PE. Utilizou-se um estudo de corte transversal, com amostra representativa de 315 indivíduos ³ 60 anos, inscritos no PSF, em 2003. O status de vitamina A foi avaliado pelas concentrações séricas de retinol e pelo inquérito de freqüência do consumo de alimentos-fonte de vitamina A. Na avaliação do estado nutricional protéico energético, foi utilizado o Índice de Massa Corporal (IMC). A prevalência de hipovitaminose A (retinol sérico < 1,05 mMol/L) foi de 26,1% (IC 95% 21,2 31,6), enquanto que a freqüência de consumo de alimentos fonte de vitamina A de origem animal e vegetal, superior a três vezes por semana, foi de 46,1% e 63,2%, respectivamente. As concentrações séricas de retinol não mostraram correlação com o sexo (p= 0,54) nem com a idade (p= 0,34). Cerca de 54,8% dos idosos apresentaram sobrepeso/obesidade e apenas 4,4% baixo peso. As concentrações séricas de retinol não mostraram correlação com o IMC (p= 0,95), nem com o consumo de alimentos fonte de vitamina A (p> 0,05). A deficiência de vitamina A, entre idosos do PSF de Camaragibe, mostrou-se uma carência nutricional importante. Logo, um plano integrado de prevenção e controle do problema seria fortemente recomendável nesse contexto pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Pernambuco pt_BR
dc.subject Vitamina A pt_BR
dc.subject Idosos pt_BR
dc.subject Camaragibe-PE pt_BR
dc.subject Alimento consumo pt_BR
dc.title Estado nutricional de vitamina A em idosos do município de Camaragibe-PE, 2003 pt_BR
dc.type Dissertacao pt_BR


Arquivos deste item

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples


Compartilhe esta página