Prevalência e fatores associados ao traumatismo dentário em adolescentes escolares

Idiomas

Busca avançada

Mostrar registro simples

dc.contributor.advisor CASTRO, Jurema Freire Lisboa de
dc.contributor.author SOUSA, Adelaine Maria de
dc.date.accessioned 2016-10-17T13:15:48Z
dc.date.available 2016-10-17T13:15:48Z
dc.date.issued 2016-02-29
dc.identifier.uri http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17994
dc.description.abstract O objetivo deste estudo foi verificar a prevalência do traumatismo dentário em dentes anteriores de escolares na faixa etária de 14 a 19 anos e analisar se há associação com os fatores sociodemográficos, econômicos e eventos de vida estressores. Foi realizado um estudo transversal no município de São Lourenço da Mata a partir de uma amostra de 1417 adolescentes oriundos de escolas públicas. Os dados foram coletados por exame clínico, que utilizou os critérios do Levantamento Nacional em Saúde Bucal; aplicação de questionário para coleta de dados sociodemográficos, comportamentais e Inventário de eventos estressores na adolescência, composto por 29 questões que apresentava também uma escala tipo likert, onde o adolescente relatava o quão estressante foi cada evento que lhe ocorreu. A análise estatística foi feita em duas etapas: uma descritiva e outra analítica. Na fase analítica foi utilizado o teste qui-quadrado. Para a associação entre eventos de vida estressores e o traumatismo dentário, o cálculo foi feito através da soma dos escores e dividido pela mediana. Foi adotado o nível de significância de 5%. A seleção se deu através da lista nominal cedida por cada escola onde o primeiro de lista era selecionado e ia intercalando um sim, um não.Um total de 1154 adolescentes participou, sendo a taxa de resposta 81,5%. As perdas foram devido a transferências dos alunos, evasão escolar e recusas em participar da pesquisa. A prevalência do trauma foi de 20,2%. Houve associação significativa entre o traumatismo dentário com o sexo masculino, morar em casa com mais de oito cômodos e estar cursando o ensino médio. pt_BR
dc.description.sponsorship CAPES pt_BR
dc.language.iso br pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Pernambuco pt_BR
dc.rights Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil *
dc.rights.uri http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/ *
dc.subject Acontecimentos que mudam a vida pt_BR
dc.subject Traumatismosdentários pt_BR
dc.subject Saúdeholística pt_BR
dc.subject Events that change the life pt_BR
dc.subject Dental trauma pt_BR
dc.subject Holistichealth pt_BR
dc.title Prevalência e fatores associados ao traumatismo dentário em adolescentes escolares pt_BR
dc.type Dissertacao pt_BR
dc.contributor.advisor-co GOES, Paulo Sávio Angeiras de
dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/9593349271981761 pt_BR
dc.publisher.initials UFPE pt_BR
dc.publisher.country Brasil pt_BR
dc.degree.level mestrado pt_BR
dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/9723127956569195 pt_BR
dc.publisher.program Programa de Pos Graduacao em Odontologia pt_BR
dc.description.abstractx The aim of this study was to determine the prevalence of dental trauma in anterior teeth of schoolchildren aged 14-19 years and examine whether there is an association with socio-demographic, economic and stressful life events.A cross-sectional study in São Lourenço da Mata from a sample of 1417 adolescents from public schools.Data were collected by clinical examination, using the criteria of the National Survey on Oral Health; questionnaire to collect demographic data, behavioral and Inventory stressful events during adolescence, consisting of 29 questions that also had a Likert scale, where the teenager recounted how stressful was every event that occurred to him.Statistical analysis was done in two stages: a descriptive and other analytical.In the analytical phase we used the chi-square test.For the association between stressful life events and dental trauma, the calculation was done by adding the scores divided by the median. The level of significance of 5% was adopted.The selection was made through the nominal list given by each school where the list first was selected and was interspersing a yes, a no.A total of 1154 adolescents part, the response rate being 81.5%.Losses were due to transfers of students, truancy and refusals to participate.The prevalence of trauma was 20.2%.There was a significant association between dental trauma to the male, living at home with more than eight rooms and be in high school. pt_BR


Arquivos deste item

Os arquivos de licença a seguir estão associados a este item:

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil Exceto quando indicado o contrário, a licença deste item é descrito como Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil

Compartilhe esta página