Efeito da Gestão e Amamentação em Camundongos Esquitossomáticas na Resposta Granulomatosa dos Descendentes Adultos sob Infecção Pós-Natal

Idiomas

Busca avançada

Mostrar registro simples

dc.contributor.advisor SOUZA, Valdenia Maria Oliveira de
dc.contributor.author HOLANDA, Gabriela Calixto Ribeiro de
dc.date.accessioned 2016-07-28T13:34:21Z
dc.date.available 2016-07-28T13:34:21Z
dc.date.issued 2016-02-26
dc.identifier.uri http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17558
dc.description.abstract Infecções maternas por Schistosoma mansoni modulam a imunidade de descendentes adultos em infecções pós-natais. Avaliou-se separadamente o efeito da amamentação ou gestação neste fenômeno através do grau de fibrose hepática, produção de citocinas Th1, Th2 e regulatórias, frequência de macrófagos produtores de NO e IL-10 e linfócitos T regulatórios em camundongos adultos, descendentes de mães esquistossomóticas, quando submetidos a infecção pós-natal. Para isto, fêmeas Swiss webster foram submetidas a infecção com S. mansoni (20 cercárias), sincronização do estro e acasalamento. Após nascimento, foi realizada a amamentação adotiva, em que descendentes de mães infectadas mamaram nas mães não infectadas (MI) e filhotes de mães não infectadas foram amamentados pelas mães infectadas (AI). Outro grupo de animais nascidos de mães esquistossomóticas permaneceu amamentando nas próprias mães (MIAI). Para grupo CONTROLE utilizou-se animais nascidos e amamentados em mães não infectadas. Descendentes adultos (machos) foram infectados (80 cercárias) e 60 dias pós-infecção, os animais tiveram os esplenócitos cultivados apenas com meio de cultura ou acrescentado de SWAP (12,5 μg/mL) ou ConA (5 μg/ml). Após 24 h e 72 h os sobrenadantes foram dosados para IL-4; IL-5; IL-10; IFN-γ, TGF-β; NO e as células usadas para imunofenotipagem, com anticorpos monoclonais ligados a fluorocromos para CD4+FoxP3, CD16/CD32+NOS2, CD14+IL-10+. O tecido hepático dos animais foi submetido a histomorfometria. Em relação ao Controle, o grupo MI apresentou frequênciaaumentada de CD16/CD32+NOS2+, maior produção de NO, IL-5 e IL-10, com diminuição de IFN- e, em comparação ao grupo MIAI, maior número e tamanho dos granulomas. O grupo AI, em relação ao Controle, obteve maior frequência de CD16/CD32+NOS2+, maiores níveis de TGF-β, menos IL-5, NO e IFN-. Em relação ao MIAI, tamanho maior de granuloma. O grupo MIAI apresentou menor número e tamanho de granulomas com menor produção de IFN- e NO, maior de IL-10 e TGF-β, além de maior frequência de células CD4+/FoxP3+. Não houve diferença nos níveis de células CD14+/IL-10+. Em conclusão, a gestação seguida da amamentação em mães esquistossomóticas proporcionou uma diminuição da reação granulomatosa e, além da produção da IL-10 (dependente da gestação) e de TGF-β (dependente da amamentação), as células T com fenótipo regulatório são requeridas para este fenômeno. pt_BR
dc.description.sponsorship CNPq pt_BR
dc.language.iso br pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Pernambuco pt_BR
dc.rights Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil *
dc.rights.uri http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/ *
dc.subject Camundongos pt_BR
dc.subject Esquistossomose. Granuloma pt_BR
dc.subject Imunomodulação pt_BR
dc.subject Relação materno-fetal pt_BR
dc.subject Granuloma pt_BR
dc.subject Immunomodulation pt_BR
dc.subject Maternal-fetal relation pt_BR
dc.subject Mice. Schistosomiasis pt_BR
dc.title Efeito da Gestão e Amamentação em Camundongos Esquitossomáticas na Resposta Granulomatosa dos Descendentes Adultos sob Infecção Pós-Natal pt_BR
dc.type Dissertacao pt_BR
dc.contributor.authorLattes http://lattes.cnpq.br/2200842761761637 pt_BR
dc.publisher.initials UFPE pt_BR
dc.publisher.country Brasil pt_BR
dc.degree.level mestrado pt_BR
dc.contributor.advisorLattes http://lattes.cnpq.br/8056939101932406 pt_BR
dc.publisher.program Programa de Pos Graduacao em Medicina Tropical pt_BR
dc.description.abstractx Maternal infections by Schistosoma mansoni modulate adult offspring immunity in postnatal infections. Here, was evaluated separately the effect of breastfeeding and pregnancy in this phenomenon by the degree of hepatic fibrosis, the production of Th1, Th2 and regulatory cytokines, the expression of macrophages producing NO and IL-10, and regulatory T lymphocytes in adult offspring from schistosomotic mothers when subjected to post-natal infection.Swiss webster females were subjected to infection with S. mansoni (20 cercariae), synchronization of estrus and mating. After birth, adoptive breastfeeding was held in which offspring of infected mothers breastfed in uninfected mothers (BIM) and offspring of uninfected mothers were breastfed by infected mothers (SIM). Another group of animals born in schistosomotic mothers breastfeeding remained in their mothers (BSIM). To control group was used animals born and breastfed in uninfected mothers. Male offsprings were infected when adults (80 cercariae) and 60 days post-infection animals splenocytes were cultured with medium alone or added with SWAP (12.5 μg/ml) and ConA (5 μg/ml). After 24 h and 72 h the supernatants were assayed for IL-4; IL-5; IL-10; INF-γ; TGF-β; NO and the cells used for immunophenotyping with monoclonal antibodies bound to fluorochromes for CD4+FoxP3+, CD16/CD32+NOS2+, CD14+IL-10+. The liver tissue were subjected to histomorphometry. Compared to control, the BIM group showed increased frequency of CD16/CD32+NOS2+, increased production of NO, IL-5 and IL-10, a reduction of IFN- and compared to BSIM group, the greater number and size of granulomas. The SIM group compared control, had a higher frequency of CD16/CD32+NOS2+, higher TGF-β levels, less IL-5, NO and IFN-. Regarding BSIM, greater granuloma size. The BSIM group showed smaller number and size of granulomas with lower production of IFN- and NO, increased IL-10 and TGF-β, as well as higher frequency of CD4+/FoxP3+ cells. There was no difference in the levels of CD14+/IL-10+ cells. In conclusion, gestation followed by breastfeeding in schistosomotic mothers provided a reduction in granulomatous reaction, and besides the production of IL-10 (dependent on gestation) and TGF-β (dependent breast feeding) T cells with regulatory phenotype are required to this phenomenon. pt_BR


Arquivos deste item

Os arquivos de licença a seguir estão associados a este item:

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil Exceto quando indicado o contrário, a licença deste item é descrito como Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil

Compartilhe esta página