Simulação de escoamentos quase incompressíveis no pressurizador do reator IRIS via método dos elementos finitos

Idiomas

Busca avançada

Mostrar registro simples

dc.contributor.advisor Lira, Carlos Alberto Brayner de Oliveira
dc.contributor.author Severino Júnior, Perinaldo pt_BR
dc.date.accessioned 2014-06-12T23:17:18Z
dc.date.available 2014-06-12T23:17:18Z
dc.date.issued 2007 pt_BR
dc.identifier.citation Severino Júnior, Perinaldo; Alberto Brayner de Oliveira Lira, Carlos. Simulação de escoamentos quase incompressíveis no pressurizador do reator IRIS via método dos elementos finitos. 2007. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Energéticas e Nucleares, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2007. pt_BR
dc.identifier.uri http://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/10014
dc.description.abstract Problemas de alta complexidade intratáveis pelas vias analíticas tornaram-se passíveis de análise com o advento dos computadores. É neste contexto que o presente trabalho aborda a simulação computacional de escoamentos quase incompressíveis no pressurizador do reator nuclear IRIS (International Reactor Innovative and Secure). O Método dos Elementos Finitos é empregado com vistas a resolver as equações de Navier-Stokes. As particularidades inerentes às equações de Navier-Stokes são tratadas no âmbito do assim chamado método SUPG (Streamline-Upwind- Petrov-Galerkin). O objetivo deste trabalho foi a obtenção de soluções aproximadas das equações da Dinâmica dos Fluidos aplicadas ao escoamento de água líqüida para o interior da câmara do pressurizador do reator IRIS, empregando um código computacional. A metodologia compreendeu a validação do código computacional mencionado e seu posterior uso para simulação dos escoamentos na câmara do IRIS. O escoamento para dentro da câmara do pressurizador do IRIS foi tratado como bidimensional, com fronteiras fixas e monofásico. A validação consistiu na comparação entre as soluções dadas pelo código computacional e soluções disponíveis na literatura. Os resultados para o IRIS referiram-se a dois diâmetros de orifício de entrada de fluido para a câmara do pressurizador e foram obtidos os campos de velocidade e de pressão para cada uma destas duas geometrias pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Pernambuco pt_BR
dc.subject Reator IRIS pt_BR
dc.subject escoamentos quase incompressíveis pt_BR
dc.subject método dos elementos finitos pt_BR
dc.title Simulação de escoamentos quase incompressíveis no pressurizador do reator IRIS via método dos elementos finitos pt_BR
dc.type Dissertacao pt_BR


Arquivos deste item

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples


Compartilhe esta página